Atualizado 00h56 Terça, 20 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Cotidiano

Empresário é acusado de destruir terreiro sagrado de candomblé

326 acessos - 0 comentários

Publicado em 25/10/2011 pelo(a) Wiki Repórter valdeck, Salvador - BA



Louça usada para oferendas também foi destruída - Foto: iBahia.Com
Ademir é acusado de destruir 14 hectares de área verde, aterrar uma lagoa e um barracão, pertencente ao terreiro de candomblé da Roça do Ventura, para construção de um condomínio de luxo

Redação iBahia
([email protected])

O Ministério Público Federal e do Ministério Público Estadual da Bahia estão processando o empresário e advogado Ademir Oliveira dos Passos por ofensa à liberdade religiosa e destruição de patrimônio histórico. Ademir é acusado de destruir 14 hectares de área verde, aterrar uma lagoa e um barracão, pertencente ao terreiro de candomblé da Roça do Ventura, para construção de um condomínio de luxo, em Cachoeira.

Mesmo após um pedido para suspensão das obras foi feito por conta do um processo de tombamento do local, expedido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o empresário se recusou a parar a construção do condomínio clube que deverá ter 110 casas.

Caso seja condenado, Passos terá que reconstruir o barracão, pagar a indenização de $ 1 milhão, que corresponde a mil salários mínimos à comunidade da Roça do Ventura, e R$ 455 mil por dano moral coletivo. Segundo a ação, houve violação da dignidade da pessoa humana e ao patrimônio religioso, material e imaterial. O local é considerado sagrado por ser o primeiro templo do candomblé da nação “Jeje Mahin”, fundado em 1858.

Apesar da Roça do Ventura estar localizada em uma propriedade do empresário, o patrimônio deveria ter sido preservado, já que está em processo de tombamento desde 2008. Para executar a obra, o empresário teria de pedir autorização do Iphan.

Fonte:
http://www.ibahia.com/detalhe/noticia/empresario-e-acusado-de-destruir-terreiro-sagrado-de-candomble/

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
valdeck
Salvador - BA



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br