Warning: getimagesize(fotos/noticia_43787.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/6/ed/3b/jbwiki/public_html/noticia.php on line 72
Atualizado 22h57 Quinta, 29 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Press Releases

Fundação Pedro Calmon celebra o 2 de Julho

314 acessos - 0 comentários

Publicado em 28/06/2011 pelo(a) Wiki Repórter Carlos Souza, Salvador - BA



  - Foto: Divulgação
No dia 2 de julho de 1823, os baianos expulsaram definitivamente as tropas portuguesas do território brasileiro. Desde então, neste dia, o povo sai às ruas para comemorar a data mais importante da Bahia: O Dois de Julho. Unidade da Secretaria de Cultura do Estado e guardiã da memória da Bahia, a Fundação Pedro Calmon se junta aos baianos para saudar os Heróis da Independência, através de uma série de ações que serão realizadas com o objetivo de aprofundar o conhecimento deste importante fato da história do Brasil.

As atividades começarão no dia 1º (sexta-feira) com uma homenagem à mártir da Independência, Joana Angélica, na Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Lapa (Avenida Joana Angélica, Centro), às 18h. Na oportunidade, o historiador Ubiratan Castro de Araújo falará sobre a importância da religiosa, quando tentava defender as tropas brasileiras do ataque das forças portuguesas. Essa ação conta a parceria da Rádio Excelsior (840 AM), que transmitirá o evento ao vivo.

Cortejo
- Já no dia 2, a Fundação Pedro Calmon estará nas ruas participando do cortejo, com performance artista e cultural e distribuição do informativo Folha Literária especial sobre a Independência da Bahia, incluindo o hino oficial do Estado, o Hino ao Dois de Julho. A presença da Fundação será animada pelo artista Adailton Poesia e o grupo Tambores da Raça que participarão das duas etapas do desfile: pela manhã, da Lapinha ao Pelourinho, e à tarde, do Pelourinho ao Campo Grande.

Situada na rota do desfile, a Biblioteca Anísio Teixeira (Ladeira de São Bento) abrirá suas portas no dia 2 de julho, das 9h às 17h, para abertura da Exposição Heroínas da Independência da Bahia, uma mostra em homenagem às mulheres que lutaram pela Independência do Brasil na Bahia: Maria Felipa, Maria Quitéria, Joana Angélica e as lendárias Caretas de Saubara, representantes do Recôncavo Baiano. Imagens revelarão a representação popular sobre essas mulheres, como a figura da Cabocla, que une história e religiosidade.

Ao pé do Caboclo - durante os dias 03 a 05 de julho, das 9h às 18h, a Praça Campo Grande receberá o projeto “Ao Pé do Caboclo”. Feira de Livros, sessão de autógrafos, contação de história e performances artísticas acontecerão em volta do monumento em homenagem ao Dois de Julho, em uma ação que leva à comunidade informações cívicas que reforçam a importância da Bahia no processo de independência do Brasil. Além da Biblioteca Móvel, com estantes e mesas repletas de livros e revistas (cerca de 2 mil títulos), haverá apresentação teatral, músicos, poetas e violeiros.

Publicações - Além da Folha Literária especial, a Fundação Pedro Calmon preparou uma série de materiais informativos e didáticos que narram o contexto histórico da independência, as principais batalhas, a participação das cidades baianas e os personagens heróicos. Esse material está sendo distribuídos em todas as atividades alusivas à Independência do Brasil na Bahia. “Todo brasileiro, especialmente os baianos, devem conhecer o processo histórico que culminou com a independência do Brasil do poder colonial. São referências de coragem, determinação e, acima de tudo, união do povo baiano em nome da soberania nacional”, destaca Ubiratan Castro de Araújo, historiador e diretor-geral da Fundação Pedro Calmon / SecultBA.

Outras atividades sobre a Independência do Brasil na Bahia movimentarão as bibliotecas públicas do Estado, administradas pela Fundação Pedro Calmon, durante todo o mês de junho. A programação completará está disponível no site do órgão: www.fpc.ba.gov.br

----------------------------------------------
Assessoria de Comunicação
Fundação Pedro Calmon – SecultBA
(71) 3116-6918/ 6919/ 6676
[email protected]
http://www.fpc.ba.gov.br
http://twitter.com/fpedrocalmon
www.cultura.ba.gov.br
http://plugcultura.wordpress.com


Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
Carlos Souza
Salvador - BA



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br