Atualizado 13h19 Sexta, 23 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Economia

Exército trabalha no projeto de um novo blindado

6927 acessos - 1 comentários

Publicado em 01/06/2009 pelo(a) Wiki Repórter Jony Santellano, São José dos Campos - SP





Maquete do VBTP, apresentado na LAAD 2009, pelo CTEx e Iveco - Foto: IVECO / Divulgação
O Exército Brasileiro (EB) trabalha no projeto de um novo veículo blindado que deverá substituir os veículos blindados Cascavel e Urutu, hoje utilizados, mas já considerados tecnologicamente obsoletos. O novo veículo, ainda sem um nome definitivo, deverá substituir os antigos, em operação a mais de 30 anos, a partir de 2011.

Os atuais veículos blindados em uso no EB foram produzidos na década de 1970 pela ENGESA, fabrica localizada em São José dos Campos, SP, que já encerrou as suas atividades, tendo exportado os seus produtos para cerca de 20 países. Uma maquete em tamanho real, feita em aço, do novo blindado foi apresentada na "LAAD 2009" (Latin América Aero & Defense), feira bienal de aeronáutica, espaço e defesa, que aconteceu no Rio de Janeiro entre 14 e 17 de abril passado, pelo EB através do seu Centro Tecnológico (CTEx), e a Iveco, subsidiária da Fiat, instalada na cidade de Sete Lagoas (MG).

O novo blindado conhecido hoje apenas como "Viatura Blindada de Transporte de Pessoal" (VBTP), foi projetado para ter 6,9 metros de comprimento, 2 metros de largura e 2,34 metros de altura. Poderá transportar 11 militares, sendo três tripulantes, e carregar um canhão ou uma metralhadora, de acordo com a logística a ser adotada em uma missão. O blindado pode também ser aerotransportado.

As dimensões do VBTP são semelhantes ao do blindado Urutu, que possui 6,9 metros de comprimento, 2,3 metros de largura e 2,12 metros de altura, transporta 14 militares, pesa 13 toneladas e desloca-se a uma velocidade de até 100 km/h em terra. Nos fóruns de discussão de temas de defesa o VBTP vem sendo chamado, informalmente, ’Urutu III’.

O VBTP foi concebido para atual em teatros de operações variados, incluindo terrenos íngremes e locais de difícil acesso e manobra. O índice previsto de nacionalização tecnológica do projeto é de cerca de 60%, característica que deverá facilitar a manutenção e reparação das peças dos veículos produzidos. O primeiro protótipo do VBTP deverá ficar pronto até o final desse ano. Em 2010, o protótipo deverá ser testado no Centro de Avaliações do Exército (CAEx), no Campo de Provas de Marambaia (RJ).

Em 2011, será produzido o primeiro lote de 16 VBTP. Não existe ainda uma previsão do tamanho total da frota a ser adquirida pelo EB. O projeto desenvolvido pelo CTEx prevê a possibilidade de ser criada uma família de até 11 modelos diferentes do VBTP para múltiplo emprego, como por exemplo, veículos de combate e patrulha, veículos de reconhecimento e comunicação, ou veículos para transporte médico-hospitalar. Alguns dos modelos do VBTP poderão ser de interesse também das Polícias Militares (PM).

O custo estimado de cada uma unidade VBTP com sua configuração básica é de cerca de US $ 1,5 milhão. O seu custo baixo e a sua moderna tecnologia já tornam o VBTP um potencial produto de exportação para outros países latinos americanos, como foram no passado os produtos da ENGESA. O projeto do VBTP destinado a desenvolver veículos terrestres é contemplado perfeitamente nas diretrizes específicas da Estratégia Nacional de Defesa (EsNaDe) voltadas para o Exército Brasileiro (§6); como também nas suas diretrizes gerais, quando trata da capacidade de atingir a "mobilidade estratégica", entendida como "a aptidão para se chegar rapidamente a teatro de operações" (§4).

FONTES DE PESQUISA:


- ’Diário de São Paulo’, 31/maio/2009. ("PM terá novos blindados em 2010", reportagem de Thiane Stochero, p. 6).

- ’Gazeta Marcantil’, 01/maio/2009. ("Parceria viabiliza produção de míssil nacional", reportagem de Julio Ottoboni, p. A6).

- ’Jornal Valeparaibano’ (São José dos Campos, SP), 16/abril/2009. ("Novo blindado irá substituir veículo Urutu", reportagem de Chico Pereira, p. 7).

- ’Revista Tecnologia & Defesa", Nº 111, 2007. ("VBTP-MR: Um blindado médio sobre rodas para o Exército Brasileiro", reportagem de Reginaldo Bacchi e Nelson Düring, p. 50-52).

- ’Iveco e Exército apresentam nova viatura blindada na LAAD’, disponível em:
http://www.iveco.com/Brasil/PressRoom/PressRelease/Pages/ivecodefense.aspx

- "Estratégia Nacional de Defesa", disponível em:
https://www.defesa.gov.br/eventos_temporarios/2008/estrat_nac_defesa/estrategia_defesa_nacional_portugues.pdf


Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
Jony Santellano
São José dos Campos - SP



Comentários
01
Reporte abuso
inho
Bahia 01/06/2009

Acredito que as mudanças já deveriam estar acontecendo como as montadoras fazem com veículos de passeio. A engenharia existe para executar estas mudanças. Vamos esperar para ver se foi feito um novo projeto apresentando um produto totalmente modificado.


Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br