Atualizado 17h16 Sexta, 30 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Cotidiano

A estrada

305 acessos - 2 comentários

Publicado em 05/02/2012 pelo(a) Wiki Repórter LaBiela, Ribeirão-Preto - SP



Montanhas esguias surgem pelo caminho.
Rota virtuosa, repleta de curvas,
Que estonteam e despertam para um novo destino.

Imensidão verde e morros esparsos,
Uma mescla de cultura, tradições e ilusões,
Entre moinhos.

Paisagens seguidas de sensações.
Olhares, gestos, ritmos descompassados,
Mãos que servem,
Ar que atordoa,
Virtuosidade em desatinos.

Ritmo de corações,
Compassados com cada milagre que surge,
E surpreende, encanta,
O viver deste povo,
O caminhar das emoções.

O acolher doce do mineiro,
A fartura de suas mesas,
Os olhares curiosos,
dos meninos sem-lar, sem-vida,
Sem sonhos.

Na próxima estação, aos ares da travessia,
O calor dos bahianos,
A alegria de seu gingado,
Sua capoeira faceira,
Ao ritmo de tambores desconcertantes.

Areias claras, mar limpido,
Onde a democracia, com seus ares sutis,
Se disfarça, se esconde onde aparentemente deveria imperar.
A insensibilidade se acalora com a falsa igualdade do lugar sem dono, das praias.

Onde a sensação de lazer,
O prazer dos turistas,
O impossível do concomitante:

Por entre passos firmes,
pulsos fortes expõem mercadorias infindáveis,
E ali surgem os verdadeiros personagens:
A cocada do "só alegria",
A "melancia mais doce da bahia".
O poeta verdadeiro ali se esconde.

Fato inconteste é que,
Quando caminham, e se esforçam,
Amansiados pela agrura da vida,
Pela busca de seu pão e pelo sustento de seus ninhos,

Como se naquele instante,
Mais espaço não houvesse,
Para seus sonhos,
que no tempo ficaram
perdidos.

Gabriela Pirajá Cecilio Bunhola

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
LaBiela
Ribeirão-Preto - SP



Comentários
01
Reporte abuso
Marília
Patrocínio 10/02/2012

Gabi, minha querida! Você é surpreendente, assim como esse lindo poema. Disse lindo???? Ops, maravilhoso! Parabéns!


 
02
Reporte abuso
Izabela
São Paulo 10/02/2012

Bizinha,

Que lindo!!! Quanto talento, tanta sensibilidade que não tem como não nos sensibilizar também.

Um beijo bem grande.

Parabéns!

Izabela


Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br