Atualizado 18h47 Domingo, 08 de setembro de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Política

Que lei é esta?

381 acessos - 1 comentários

Publicado em 20/12/2011 pelo(a) Wiki Repórter Soares, Divinópolis - MG



A palmada não é uma questão de Estado. - Foto: Web
LÚCIA CASTRO

A aprovação da chamada Lei da Palmada, na última semana, por uma comissão da Câmara dos Deputados, é um exemplo de como os nossos nobres parlamentares usam mal o direito (e dever) que delegamos a eles para nos representar, e reforça o senso comum que questiona se eles (estes) são realmente necessários. Chega a ser ridículo pensar que, com tanta coisa importante à espera de análise e votação no Congresso, eles estejam se ocupando com coisas como esta.



Segundo seus defensores, a proposta tem como objetivo proteger as crianças e adolescentes de castigos físicos, quando o "uso da força resultar em lesão e sofrimento". Desde quando isso foi permitido? Não precisamos de leis para saber que surrar, espancar e machucar crianças e adolescentes são comportamentos repugnantes, que devem ser coibidos e punidos. E isso vale para qualquer um, não só para as crianças. Além disso, no caso delas, já existe o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), criado justamente para isso e que já prevê punições para os agressores.


Polêmico, como era previsível, o projeto só foi aprovado depois de mudança do termo "castigo corporal" por "castigo físico", o que, na prática, não mudou nada. Segundo os próprios integrantes da comissão, fica proibida a palmada. Mas, quem vai decidir se a palmada deve ou não ser punida com base na referida lei, será a Justiça. Quer dizer, a Justiça brasileira também deverá se ocupar em julgar se uma determinada palmada foi ou não castigo físico. Em caso positivo, os pais sofrerão penas socioeducativas e poderão até ser afastados dos filhos. Como assim?



Na prática, essa é mais uma tentativa clara de interferência do poder público naquilo que não lhe diz respeito. Esta proposta não só coloca em cheque a autoridade dos pais na relação com os filhos, como configura-se um desrespeito ao direito deles de decidirem como educar seus filhos. E, repetindo, não estamos falando de espancamentos e nem violência verbal, que a lei nem menciona, mas que é tão grave quanto. Estamos falando que, em alguns casos, as palmadinhas são sim necessárias e eficientes. E com certeza jamais poderão ser "acusadas" de terem traumatizado alguém.


Então a pergunta é: por que o Congresso está se ocupando com uma coisa que é de responsabilidade única e exclusiva da instituição família? Como disse um leitor, em comentário publicado ontem, na seção de Cartas dos Leitores deste jornal, talvez seja justamente por falta de boas palmadas na hora certa que estamos assistindo, pasmos, a esta avalanche de escândalos, corrupção, roubo do dinheiro público, que deveria estar sendo investido em educação, saúde e aulas de cidadania.


Caríssimos, justifiquem seus salários milionários: ocupem-se com questões realmente importantes para nós e para o país, e abandonem qualquer tentativa que extrapole sua competência. Definitivamente a palmada não é uma questão de Estado."


Lúcia Castro - O Tempo
http://blogdofasoares.blogspot.com

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
Soares
Divinópolis - MG



Comentários
01
Reporte abuso
nois é
sp-sem medo de ratos--hoje em dia com algum receio- 21/12/2011

"Eles preferem uma sociedade alienada,, sem lei,sem justiça,.fazendo dos jovens escravos políticos,alimentar a cadeia do crime,dos desajustes torna-se benefico aos "fazedores de lei"---justificar seu milionarios salários,eles justificam todos os dias---basta munir-se de fé e coragem,e assistir aTV Cãmara,ou Senado--"o palhaço Tiririca chega a perder o rebolado com a fiél concorrência"


Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br