Atualizado 16h15 Sexta, 06 de setembro de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Política

"Os nossos impostos servem para isso: sustentar espertalhões espalhados por esse Brasil gigante"

303 acessos - 1 comentários

Publicado em 14/12/2011 pelo(a) Wiki Repórter Jadir de Araujo, São Paulo - SP




O sindicalista deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), durante os oito anos do mandato do ex-presidente Lula Jason, nunca lutou, realmente, para que as aposentadorias, pagas pelo INSS, superiores a um salário mínimo, tivessem suas perdas salariais recompostas. Alguns poderão me contradizer, dizendo que ele reivindicava, e ainda reivindica, reajustes superiores à inflação anual para aquelas aposentadorias citadas. O deputado federal "Paulinho da Força", como é chamado, reconheço, sempre lutou pela valorização do salário mínimo, tanto é que a Força Sindical, sob sua presidência, participou do acordo, junto ao Executivo, para que os reajustes anuais do salário mínimo fossem corrigidos pelo INPC anual, mais 100% do PIB, referente aos dois anos anteriores. Nesse acordo foram beneficiadas as aposentadorias, atreladas ao salário mínimo, por força de lei. O acordo, feito entre as centrais sindicais e o ex-presidente da República Lula Jason, deixou de fora as aposentadorias superiores ao um salário mínimo. Parte da galinha dos ovos de ouro não deveria entrar naquele acordo. Seus ovos valiam ouro nas urnas eletrônicas. Se realmente as centrais sindicais quisessem, o fator previdenciário já estaria extinto, e as perdas salarias, sofridas pelos aposentados, nos oito anos de mandato do Lula Jason, estariam recuperadas. Esses dirigentes são uns grandes enrolões. São alunos do Lula Jason, que já anunciou a sua volta fazendo comícios em todo o brasil.. Cuidado, aposentados!  Ele, o Jason, voltou.

Nas últimas eleições para deputado federal, o "Paulinho da Força", em uma aparição, num programa gratuito de televisão, pedia votos aos aposentados do RGPS, afirmando:

"Sou autor do Projeto de Lei, aprovado pelo Congresso, que concedeu os 7,72% aos aposentados. Peço o seu voto para continuar lutando...."

Leia a matéria a seguir, e veja a "bondade" do deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT-SP):

----
PAPAI NOEL JÁ CHEGOU À CÂMARA

Proposta deverá ser votada amanhã e estipula reajustes de até 40% .

OTEMPO - Online

Brasília. A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP) da Câmara dos Deputados deve votar amanhã o projeto de lei que altera o plano de carreira dos servidores da Casa. A proposta permite um incremento nos vencimentos dos funcionários lotados nos gabinetes e nas estruturas administrativas do Parlamento. A previsão é que apenas essa proposta gere um impacto no orçamento da Câmara de R$ 277 milhões por ano.

A matéria é só uma parte de um chamado “pacote de bondade” que a direção da Câmara prepara em benefício dos funcionários. A alterção na carreira seria uma forma de compensar os servidores, que, no final do ano passado, não desfrutaram de correção semelhante que os parlamentares concederam aos próprios subsídios. À época, eles acresceram 60% seus vencimentos, equiparando-os aos dos ministros do Supremo Tribunal Federal.

A proposta de aumento prevê a correção dos vencimentos dos trabalhadores em até 40%, a depender do cargo ou função desempenhada. A intenção da Mesa Diretora é chancelar o projeto na última semana dos trabalhos legislativos, nos dias 20 ou 21 de dezembro. Se mantido pela comissão, ele seguirá ao plenário, onde precisa de 171 votos.

Apesar de atrelarem o reajuste ao que eles mesmos se deram em 2010, os deputados explicam que a principal providência da proposta é pôr fim à indexação entre a remuneração deles e a dos servidores. Isso porque os congressistas não pretendem se dar novo aumento agora.

Relator da matéria, o deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força, afirma que o aumento é necessário para tornar “mais atrativo o ingresso e a permanência no cargo”. Por esse motivo, de acordo com ele, as recomposições atingem com maior peso os estágios iniciais da carreira. “Às vezes, candidatos aprovados em concursos públicos desistem de tomar posse no cargo efetivo”, justifica.

Máximo. O ponto mais polêmico do substitutivo de Paulinho eleva o teto que a legislação prevê para a tabela de vencimentos do cargo de secretário parlamentar: servidor de livre-nomeação que atua nos gabinetes.

“Com isso, nós permitiremos que os parlamentares, na medida de suas necessidades, nomeiem para a sua assessoria servidores mais qualificados, que precisam de uma remuneração mais atrativa”, alega o pedetista.

Para o relator, o incremento nos benefícios se deve ao fato de eles estarem há cinco anos sem qualquer revisão. “Nesse período, o salário mínimo passou por sucessivos aumentos. Os funcionários da Casa precisam dessa equiparação”.

Indenização

50%. Os deputados federais ainda estudam a possibilidade de aumentar, em breve, a verba mensal de seus gabinetes de R$ 60 mil para R$ 90 mil. Mas esse valor ainda não está fechado.


--------------------------------------------------------------------------------
"

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
Jadir de Araujo
São Paulo - SP



Comentários
01
Reporte abuso
nois é
sp-sem medo de ratos--hoje em dia com algum receio- 14/12/2011

Jadir-- vamos deixar de lado essa luta de penuria,de incertezas,falar sobre dignidade nesse país ficou"cafona"vamos abordar assuntos de grande relevância--por exemplo: a volta de Jader Barbalho amparado pela "lei e justiça,vamos sacramentar a soltura do "dignissimo Marcos Valério" / / outro feito pela magistral "lei e justiça"--vamos aguardar mais trinta ,ou quarenta anos e ver os envolvidos no mensalão pagando caro pelo seus atos---isto é que dignifica nossa Patria,o resto é(RESTO)


Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br