Atualizado 22h15 Sábado, 31 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Cultura

Casa Branca nega oficialmente contatos com ETs

401 acessos - 0 comentários

Publicado em 12/12/2011 pelo(a) Wiki Repórter Jony Santellano, São José dos Campos - SP



A Casa Branca nega existir evidências de contatos entre seres humanos e ETs. - Foto: Tom Lohdan / Disponível no FLICKR.

A Casa Branca respondeu oficialmente em 08 de novembro último a duas petições solicitando ao governo dos EUA que confirmasse: 1) Se seres extraterrestres (ETs) já estabeleceram contato com a Terra; 2) Se existe conhecimento sobre interações não reveladas entre humanos e ETs. A resposta para ambas as perguntas, publicada no Portal da Casa Branca na Internet, foi negativa.

Anteriormente o governo norte-americano havia prometido responder em seu Portal Eletrônico qualquer tipo de pergunta que tivesse mais de 5 mil assinaturas. As duas petições respondidas tratando sobre contatos com ETs somaram 17.465 assinaturas eletrônicas.

A resposta às petições veio assinada por Phil Larson, porta-voz do Escritório da Casa Branca para Políticas de Ciência e Tecnologia. O texto de Larson trata objetivamente dos dois questionamentos apresentados:

1) “O governo dos EUA não tem nenhuma evidência de que exista vida fora de nosso planeta, ou de que uma inteligência extraterrestre tenha entrado em contato ou se encontrado com qualquer integrante da raça humana”;

2) “Além disso, não existem informações confiáveis indicando que qualquer tipo de evidência esteja sendo escondida do grande público”.

Phil Larson também declarou que a falta de evidências de vida fora do nosso planeta em nada contribui para diminuir o interesse do governo dos EUA de procurá-las. Ele cita três iniciativas concretas em andamento para mostrar que o interesse existe: a) o projeto SETI; b) o observatório espacial Kepler; e c) a missão Curiosity.

O projeto SETI (sigla em inglês para “busca por inteligência extra-terrestre” [“Search for ExtraTerrestral Intelligence”) pesquisa evidências de vida exterior através da análise de sinais captados por meio de radiotelescópios. Esses sinais poderiam revelar a existência de sistemas de comunicação inteligentes baseados em ondas eletromagnéticas, por exemplo com padrões semelhantes aos utilizados na Terra. O projeto inicialmente teve apoio financeiro da NASA, a agência espacial norte-americana, e hoje é administrado por instituições privadas, mas também recebe doações de particulares.

O observatório espacial Kepler, lançado em março de 2009, procura por planetas semelhantes à Terra orbitando em outras estrelas. Desde que a NASA começou a liberar os dados do Kepler, em fevereiro de 2011, já foram confirmados a existência de 17 exoplanetas. Os cientistas elaboram agora maneiras de testar sinais de vida diretamente nesses planetas já identificados. A presença de água, dióxido de carbono e ozônio em um planeta, por exemplo, poderia ser um indicador da ocorrência de fotossíntese na sua superfície.

A missão do veículo-robô “Curiosity” foi lançada com sucesso no final de novembro com destino a Marte. Uma de suas tarefas é tentar encontrar evidências que o planeta vermelho já tenha abrigado alguma forma de vida. O veículo-robô está instruído para procurar sinais de gelo no subsolo e examinar rochas em busca de compostos de carbono, incluindo aminoácidos, que poderiam indicar a presença de vida. Outras missões mais ambiciosas e sofisticadas estão previstas para chegar em Marte para buscar evidências de vida em um futuro próximo.

Por fim, Phil Larson ainda afirmou nas suas respostas às petições a seguinte especulação científica:

“Muitos cientistas abordaram a questão da existência de vida fora da Terra do ponto de vista estatístico e chegaram à conclusão de serem grandes as chances de existir outro planeta, além do nosso, que possa abrigar formas de vida. Porém, muitos desses cientistas também destacaram que as chances de fazermos contato com qualquer uma dessas formas de vida, especialmente as inteligentes, são extremamente pequenas em face das distâncias envolvidas. Entretanto, isso é apenas estatística e especulação científica. O fato é que não temos evidências críveis de uma presença extraterrestre aqui na Terra”.


FONTES:


Jornal “O Globo”, 09/nov./2011. (“Governo dos EUA nega contatos com ETs”, p. 34).
[Disponível em: http://conhecimentohoje.com.br/Recentes368.htm, ou http://www.aarffsa.com.br/noticias4/09111140.pdf]

“Searching for ET, but not evidence yet”, by Phil Larson. Disponível em:
https://wwws.whitehouse.gov/petitions#!/response/searching-et-no-evidence-yet

Revista “Planeta”, Ano 39, n. 471, dez./2011. (“Casa Branca: Aliens não existem”, p. 19).

ABBASI, Jennifer. A busca por vida extraterrestre. Revista “Popular Science Brasil”, Ano 1, n. 3, 2011, p. 33 – 41.



Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
Jony Santellano
São José dos Campos - SP



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br