Atualizado 01h22 Sábado, 07 de setembro de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Política

Petistas: pense num pessoal "vocacionado" para enriquecer com "consultorias"!

363 acessos - 1 comentários

Publicado em 08/12/2011 pelo(a) Wiki Repórter Júlio Ferreira, Recife - PE



-> - Foto: WEB
Alguém sabe o motivo do Palácio do Planalto haver providenciado a “blindagem” do ministro Fernando Pimentel, fazendo com seus “prepostos” com assento na Câmara dos Deputados evitassem a sua convocação para depor na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, ao contrário do que havia acontecido quando da convocação outros “ministros maracuteiros”, a exemplo de Carlos Lupi e Orlando Silva?
A resposta é simples! Enquanto todos os sete “ministros roleiros” expostos pela imprensa até agora eram parte da “herança maldita” imposta por Lulla, quem sabe como uma espécie de “cobrança de pedágio”, por conta do apoio eleitoral à então candidata Dilma Rousseff, esse tal de Fernando Pimentel é o primeiro ministro da “cota pessoal” da presidente Dilma a ser acusado de ter, tal como havia acontecido com os outros sete, “metido a mão no bolso da viúva”.
Com essa recente mudança de postura dos congressistas que fazem as vezes de “paus mandados” do Palácio do Planalto, fica clara mudança de postura de dona Dilma em relação aos ministros indicados por Lulla e os que foram indicados por ela: enquanto os tais “ministros lullistas” foram cinicamente “jogados às feras”, para que seus “malfeitos” pudessem ser claramente expostos à opinião pública, quando o problema atinge o primeiro “ministro dilmista”, a estratégia é diametralmente oposta, partindo-se para o uso ostensivo de todo e qualquer instrumento de pressão capaz de “adestrar” a maioria dos congressistas desse Brasil Tiririca. Alguma dúvida???

(FONTE -> www.ex-vermelho.blogspot.com/)

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
Júlio Ferreira
Recife - PE



Comentários
01
Reporte abuso
PAULO SPOCK
sampa 08/12/2011

Pimental era prefeito de Belô. Era um dos coordenadores de campanha presidencial de Dilma. Mesmo não tendo mais nenhum cargo público oficial, tinha acesso irrestrito aos bastidores do poder. Como "consultor" vendia INFORMAÇÕES PRIVILEGIADAS à empresários por uma fortuna. O mesmo esquema de Palocci.


Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br