Atualizado 16h22 Quinta, 29 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Cultura

Frases revelam essência de Clarice Lispector

613 acessos - 0 comentários

Publicado em 20/11/2011 pelo(a) Wiki Repórter Júlio Ferreira, Recife - PE



"Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania, Depende de quando e como você me vê passar." - Foto: WEB
"A direção é mais importante do que a velocidade."

"A felicidade aparece para aqueles que reconhecem a importância das pessoas que passam em nossa vida."

"A hora de viver é um ininterrupto lento rangido de portas que se abrem continuamente de par em par."

"A loucura é vizinha da mais cruel sensatez. Engulo a loucura porque ela me alucina calmamente."

"A palavra é o meu domínio sobre o mundo."

"A poesia dos poetas que sofreram é doce e terna. E a dos outros, dos que de nada foram privados, é ardente, sofredora e rebelde."

"Acho que sábado é a rosa da semana."

"Amar os outros é a única salvação individual que conheço: ninguém estará perdido se der amor e às vezes receber amor em troca."

"Antes o sofrimento legítimo do que o prazer forçado."

"As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas. Elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem em seus caminhos."

"Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro."

"Brasília: uma prisão ao ar livre."

"Corro perigo, como toda pessoa que vive. A única coisa que me espera é exatamente o inesperado."

"Com todo perdão da palavra, eu sou um mistério para mim."

"Cuide-se como se você fosse de ouro, ponha-se você mesmo de vez em quando numa redoma e poupe-se."

"Divertir os outros, é um dos modos mais emocionantes de existir."

"E descobri que não tenho um dia-a-dia. É uma vida-a-vida. E que a vida é sobrenatural."

"E nem entendo aquilo que entendo: pois estou infinitamente maior que eu mesma, e não me alcanço."

"E o que o ser humano mais aspira é tornar-se ser humano."

"E quando acaricio a cabeça do meu cão, sei que ele não exige que eu faça sentido ou me explique."

"Ela acreditava em anjo e, porque acreditava, eles existiam."

"Enquanto eu tiver perguntas e não houver respostas... continuarei a escrever."

"Escuta: eu te deixo ser, deixa-me ser então..."

"Eu não quero é uma realidade inventada."

"Eu não sou promíscua. Mas sou caleidoscópica: fascinam-me as minhas mutações faiscantes que aqui caleidoscopicamente registro."

"Eu sou mais forte do que eu."

"Eu sou mansa, mas minha função de viver é feroz."

"Faça com que eu saiba ficar com o nada e mesmo assim me sentir como se estivesse pleno de tudo..."

"Fico às vezes reduzida ao essencial, quer dizer, só meu coração bate."

"Fique de vez em quando só, senão será submergido. Até o amor excessivo pode submergir uma pessoa."

"Gosto do modo carinhoso do inacabado, do malfeito, daquilo que desajeitadamente tenta um pequeno vôo e cai sem graça no chão."

"Há um livro em cada um de nós."

"Já que se há de escrever, que pelo menos não se esmaguem com palavras as entrelinhas."

"Já que sou, o jeito é ser."

"Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome."

"Lembrar-se com saudade é como se despedir de novo."

"Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite."

"Minhas desequilibradas palavras são o luxo do meu silêncio."

"Não era mais uma menina com um livro: era uma mulher com seu amante."

"Não me corrija. A pontuação é a respiração da frase, e minha frase respira assim. E se você me achar esquisita, respeite também. Até eu fui obrigada a me respeitar."

"Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada."

"Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento."

"Não sei se quero descansar, por estar realmente cansada ou se quero descansar para desistir."

"Mas tenho medo do que é novo e tenho medo de viver o que não entendo - quero sempre ter a garantia de pelo menos estar pensando que entendo, não sei me entregar à desorientação."

"Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito."

"O que é verdadeiramente imoral é ter desistido de si mesmo."

"O que importa afinal, viver ou saber que se está vivendo?"

“O que me atormenta é que tudo é 'por enquanto', nada é 'sempre'.“

"O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós."

"Para onde vou? A resposta é: vou..."

"Passei a vida tentando corrigir os erros que cometi na minha ânsia de acertar."

"Pegue para você o que lhe pertence, e o que lhe pertence é tudo o que sua vida exige."

"Pensar é um ato. Sentir é um fato."

"Perder-se também é caminho."

"Por te falar eu te assustarei e te perderei? Mas se eu não falar eu me perderei, e por me perder eu te perderia."

"Porque, às vezes, acordar tem lá suas muitas desvantagens..."

"Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente."

"Porque há o direito ao grito, então eu grito."

"Quando se ama não é preciso entender o que se passa lá fora, pois tudo passa a acontecer dentro de nós."

"Que medo alegre, o de te esperar."

"Que ninguém se engane, só se consegue a simplicidade através de muito trabalho."

"Quem muito agrada, desagrada."

"Quem não é um acaso na vida?"

"Quem sabe de que negras raízes se alimenta a liberdade de um homem!?"

"Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento."

"Respeite mesmo o que é ruim em você - respeite sobretudo o que imagina que é ruim em você - não copie uma pessoa ideal, copie você mesma - é esse seu único meio de viver."

"Saudade é um dos sentimentos mais urgentes que existem."

"Se tenho que ser um objeto, que seja um objeto que grita.”

"Sempre conservei uma aspa à esquerda e à direita de mim."

"Sinto a falta dele como se me faltasse um dente na frente: excrucitante."

"Só o que está morto não muda! Repito por pura alegria de viver: A salvação é pelo risco, Sem o qual a vida não vale a pena!!!""

"Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania, Depende de quando e como você me vê passar."

"Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra sempre."

“Sou tão misteriosa que não me entendo.”

"Sou um coração batendo no mundo."

"Sou um monte intransponível no meu próprio caminho. Mas às vezes por uma palavra tua ou por uma palavra lida, de repente tudo se esclarece."

"Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato... Ou toca, ou não toca."

"Tenho várias caras. Uma é quase bonita, outra é quase feia. Sou um o quê? Um quase tudo."

"Terei toda a aparência de quem falhou, e só eu saberei se foi a falha necessária."

"Ver a verdade seria diferente de inventar a verdade?"

"Vivo de esboços não acabados e vacilantes. Mas equilibro-me como posso, entre mim e eu, entre mim e os homens, entre mim e o Deus."

"Vivo no quase, no nunca e no sempre."

"Vocação é diferente de talento. Pode-se ter vocação e não ter talento, isto é, pode-se ser chamado e não saber como ir."

"Você só terá sucesso na vida quando perdoar os erros e as decepções do passado."

* Clarice Lispector, nascida Haia Pinkhasovna Lispector (Chechelnyk / Ucrânia, 10/12/1920 — Rio de Janeiro-RJ, 09/12/1977), foi jornalista e escritora, obtendo durante a carreira um grande prestígio de crítica e público, principalmente pela sua habilidade no desenvolvimento de crônicas e poesias.

(FONTE –> www.ex-vermelho1.blogspot.com)  

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
Júlio Ferreira
Recife - PE



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br