Atualizado 01h22 Sábado, 07 de setembro de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Política

Conclama-se o povo!

1242 acessos - 11 comentários

Publicado em 16/09/2011 pelo(a) Wiki Repórter mirna_cavalcanti_de_albuquerque, Rio de Janeiro - RJ



"Depois da liberdade desaparecer, resta um país, mas já não há pátria." Chateaubriand - Foto: internet

Amigos leitores,

Desde 2008 tenho escrito para diversos sites da internet. Um dos primeiros- e principal deles, foi o BRASILWIKI. Extrai-se de todas as minhas matérias – mesmo as que posto da autoria de outros, que meu foco é o povo, seus direitos, a ação dos representantes do Estado-seres e entes públicos contra os direitos deste mesmo povo.

Revelo minha indignidade ante os acontecimentos. Indico o que penso a bem da verdade e principalmente à Luz da Justiça deveria ocorrer. Jamais preguei a violência, mas a PAZ.

Sei que tudo o que é humano tem falhas, por sua própria origem. No entanto, sei também a dor que sinto ao constatar todo o mal que ocorre aos meus semelhantes, causados não importa por quem.

Os homens públicos brasileiros- em sua maioria- representam a si mesmos, não ao povo- e seus atos são inqualificáveis para os cargos aos quais foram guindados por voto. Mentiras de toda a sorte são ditas, escritas, repetidas e publicadas sem a menor vergonha.

Nossos aposentados-principalmente os do RGPS (INSS), passam mesmo necessidades. Foram ludibriados por este governo, o anterior e pelos que antecederam a esses. Políticos profissionais têm-se elegido e reelegido no país inteiro, por conta desses cidadãos, suas famílias, parentes e amigos. Prometeram mundos e fundos. Após atingirem seus objetivos, ficam esses aposentados desiludidos, a passarem as mesmas- ou piores tribulações- e ainda, destituídos de esperança.
 
Há bravos guerreiros, lutam por amor à causa e gratuitamente. São inúmeras as vezes que penso formarmos o Exército de Brancaleone.

Desde há muito tenho me dedicado com a devoção quase sacerdotal à causa dessas pessoas e, apesar de incontáveis trabalhos publicados em anais dos congressos vários dos quais tenho participado, sinto-me frustrada por pouco ou nada de positivo ter conseguido. Sigo porém, a acreditar no sonho de um país melhor. Sigo a escrever com fé.

No entanto, sem a força e a vontade políticas, é impossível efetuar as imprescindíveis transformações.

Passamos há muito do ápice do tolerável; atingimos o paroxismo do intolerável. E escândalos se sucedem praticados por pessoas que ocupam elevados cargos. São apenas afastados, levando consigo agradecimentos públicos pelos serviços prestados... e geralmente voltam para suas vidas privadas, não só usando em seus negócios as informações obtidas quando no cargo, como traficam influência.

Reina a impunidade.

Ouvem-se discursos vazios, mentiras que levam à descrença de perspectivas positivas para um país justo, equânime.

Após escrever “SAÚDE: há solução se há vontade política”, recebi de um amigo e aposentado, via e-mail o que hoje posto, por concordar com seu teor. Mesmo não estando assinado, alinha pensamentos, fatos verdadeiros noticiados pela mídia e, acima e além, expressa a indignação existente em cada criatura de bem deste país.

Sabe-se que corruptos e corruptores existem e existiram em todas as épocas e em todos os países. Seus atos, com o transcorrer do tempo, originaram não só a queda de civilizações, como as revoluções mais sangrentas da História. Receio que possa vir a ocorrer o mesmo no Brasil, mesmo com a índole boa e de paz de nosso povo, pois para tudo há limites.
Não me recordo de época alguma na qual a corrupção tenha atingido tão surreais patamares.

Não esperemos que tais modificações sejam efetuadas por políticos carreiristas. São os maiores sanguessugas das burras do Estado. Representam não o povo, mas a si mesmos e seus interesses mesquinhos e escusos.

Amigos leitores,

se estiverem de acordo com o que lerem, indiquem esta mat[eria, informem aos que conhecem, para que chegue ao conhecimento do maior número possível de pessoas.

Que o povo brasileiro alevante sua voz na paz, independentemente de partidos, pois o que está em risco aqui, é sua própria identidade nacional: o povo brasileiro, sem divisões quaisquer que sejam.

Democracia é o governo do povo, pelo povo e para o povo”, ensinou-nos Abraham Lincoln.

Este povo pode fazer as mudanças.

Mirna Cavalcanti de Albuquerque
Rio de Janeiro, 16 de Agosto de 2011

E-mail que recebi

É...Parece que o povo está acordando... E ...o clima lembra o período que antecedeu à a Revolução Francesa.
O terceiro estado (povo) clama por justiça.
Só Deus poderá nos ajudar a evitar um agravamento da questão politico-social.

Um milhão de pessoas na Avenida Paulista pela demissão de toda a classe política
(ainda sem data marcada)

Este e-mail vai circular e será lido por centenas de milhares de pessoas. A guerra contra o mau político, e contra a degradação da nação está começando. Não subestimem o povo que começa a ter conhecimento do que nos têm acontecido, do porquê de chegar ao ponto de ter de cortar na comida dos próprios filhos! Estamos de olhos bem abertos e dispostos a fazer tudo o que for preciso, para mudar o rumo deste abuso.

Todos os ''governantes'' do Brasil até aqui, falam em cortes de despesas - mas não dizem quais despesas - mas, querem o aumentos de impostos como se não fôssemos o campeão mundial em impostos.

Nenhum governante fala em:
1. Reduzir as mordomias (gabinetes, secretárias, adjuntos, assessores, suportes burocráticos respectivos, carros, motoristas, 14º e 15º salários etc.) dos poderes da República;
2. Redução do número de deputados da Câmara Federal, e seus gabinetes, profissionalizando-os como nos países sérios. Acabar com as mordomias na Câmara, Senado e Ministérios, como almoços opíparos, com digestivos e outras libações, tudo à custa do povo;
3. Acabar com centenas de Institutos Públicos e Fundações Públicas que não servem para nada e, têm funcionários e administradores com 2º e 3º emprego;
4. Acabar com as empresas Municipais, com Administradores a auferir milhares de reais/mês e que não servem para nada, antes, acumulam funções nos municípios, para aumentarem o bolo salarial respectivo.
5. Acabar com o Senado e com as Câmara Estaduais, que só servem aos seus membros e aos seus familiares. O que é que faz mesmo uma Assembleia Legislativa (Câmara Estadual)?
6. Por exemplo as empresas de estacionamento não são verificadas porquê? E os aparelhos não são verificados porquê? É como um táxi, se uns têm de cumprir porque não cumprem os outros? E como não são verificados como podem ser auditados?
7. Redução drástica das Câmaras Municipais e das Assembléias Estaduais, se não for possível acabar com elas.
8. Acabar com o Financiamento aos partidos, que devem viver da quotização dos seus associados e da imaginação que aos outros exigem, para conseguirem verbas para as suas atividades; Aliás, 2 partidos apenas como os EUA e outros países adiantados, seria mais que suficiente.
9. Acabar com a distribuição de carros a Presidentes, Assessores, etc.., das Câmaras, Juntas, etc., que se deslocam em digressões particulares pelo País;
10. Acabar com os motoristas particulares 24 h/dia, com o agravamento das horas extraordinárias.... para servir suas excelências, filhos e famílias e até, as ex-famílias...
11. Acabar com a renovação sistemática de frotas de carros do Estado;
12. Colocar chapas de identificação em todos os carros do Estado. Não permitir de modo algum que carros oficiais façam serviço particular tal como levar e trazer familiares e filhos, às escolas, ir ao mercado a compras, etc.;
13. Acabar com o vaivém semanal dos deputados e respectivas estadias em em hotéis de cinco estrelas pagos pelos contribuintes;
14. Controlar o pessoal da Função Pública (todos os funcionários pagos por nós que nunca estão no local de trabalho). HÁ QUADROS (diretores gerais e outros) QUE, EM VEZ DE ESTAREM NO SERVIÇO PÚBLICO, PASSAM O TEMPO NOS SEUS ESCRITÓRIOS DE CONSULTORIAS A CUIDAR DOS SEUS INTERESSES....;
15. Acabar com as administrações numerosíssimas de hospitais públicos que servem para garantir aos apadrinhados do poder - há hospitais de cidades com mais administradores que pessoal administrativo... pertencentes Às oligarquias locais do partido no poder...
16. Acabar com os milhares de pareceres jurídicos, caríssimos, pagos sempre aos mesmos escritórios que têm canais de comunicação fáceis com o Governo, no âmbito de um tráfico de influências que há que criminalizar, autuar, julgar e condenar;
17. Acabar com as várias aposentadorias por pessoa, de entre o pessoal do Estado e entidades privadas, que passaram fugazmente pelo LEGISLATIVO.
18. Pedir o pagamento da devolução dos milhões dos empréstimos compulsórios confiscados dos contribuintes, e pagamento IMEDIATO DOS PRECATÓRIOS judiciais;
19. Criminalizar, imediatamente, o enriquecimento ilícito, perseguindo, confiscando e punindo os ladrões que fizeram fortunas e adquiriram patrimônios de forma indevida e à custa do contribuinte, manipulando e aumentando preços de empreitadas públicas, desviando dinheiros segundo esquemas pretensamente "legais", sem controle, e vivendo à tripa forra à custa dos dinheiros que deveriam servir para o progresso do país e para a assistência aos que efetivamente dela precisam;
20. Não deixar um único malfeitor de colarinho branco impune, fazendo com que paguem efetivamente pelos seus crimes, adaptando o nosso sistema de justiça a padrões civilizados, onde as escutas VALEM e os crimes não prescrevem com leis à pressa, feitas à medida;
21. Impedir os que foram ministros de virem a ser gestores de empresas que tenham beneficiado de fundos públicos ou de adjudicações decididas pelos ditos.
22. Fazer um levantamento geral e minucioso de todos os que ocuparam cargos políticos, central e local, de forma a saber qual o seu patrimônio antes e depois.
23. Pôr os Bancos pagando impostos e, atendendo a todos nos horários do comércio e da indústria.
24. Proibir repasses de verbas para todas e quaisquer ONGs.
25. Fazer uma devassa nas contas do MST e similares, bem como no PT e demais partidos políticos.
26.REVER imediatamente a situação dos Aposentados Federais, Estaduais e Municipais, que precisam muito mais que estes que vivem às custas dos brasileilros trabalhadores e, dos Próprios Aposentados do (RGPS- entre outros).
27. REVER as indenizações milionárias pagas indevidamente aos "perseguidos políticos" (guerrilheiros).
28. AUDITORIA sobre o perdão de dívidas que o Brasil concedeu a outros países.
29. Acabar com as mordomias (que são abusivas) da aposentadoria do Presidente da Republica, após um mandato. Nós temos que trabalhar 35 anos e não temos direito a carro, combustivel, segurança ,etc.
30. Acabar com o direito do prisioneiro receber mais do que o salario mínimo por filho menor e, se ele morrer, ainda fica esse beneficio para a família. O prisioneiro deve trabalhar para receber algum benefício, e deveria indenizar a família que ele prejudicou.
31. Rever verbas para UNE e outras entidades estudantis que, atualmente, só aplaudem o governo.
32. Acabar com genocídio aplicado pelo governo aos aposentados e pensionistas do RGPS/Urbano que é superavitário, repondo as perdas dos benefícios dos aposentados e pensionistas, que passam de 50%.33. Exigir que a Câmara de Deputados, coloque em votação os Projetos Legislativos 01/07, 3299/08 e 4434/08, aprovados por unanimidade pelo Senado Federal e obstado pela Presidência da República, para que não sejam votados pela Câmara.

Ao "povo", pede-se o reencaminhamento deste e-mail.

Se tiver mais algum item, favor acrescentar

Em atendimento à solicitação do Movimento, eu, Mirna Cavalcanti de Albuquerque, acrescento:

33 – Estatizar a SAÚDE. Para tanto, necessário se faz sejam os hospitais reformados e aparelhados com equipamentos adequados para os fins aos quais se destinam.
33.1 – Médicos sejam os melhores em suas áreas e os demais treinados para todos os tipos de atendimentos – percebendo cada um, para tanto, salário condigno à função a ser desempenhada.
33.2 – Atendimento completo técnico e humano a todos os pacientes, independentemente de qualquer diferenciação, fazendo valer o Princípio da Igualdade inserto em nossa Constituição;
34 – Auxiliares de Enfermagem - quando necessário, sejam mantidos às expensas do Estado, nas residências dos doentes que vivam sós, quando estes não tenham condições de sair de casa por seus próprios meios, devido a doenças que estejam sofrendo.

NOTA: há muito mais a acrescer e estruturar. Será feito em outro momento.

Mirna Cavalcanti de Albuquerque.
Rio de Janeiro,16 de Setembro de 2011

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
mirna_cavalcanti_de_albuquerque
Rio de Janeiro - RJ



Comentários
01
Reporte abuso
mirna_cavalcanti_de_albuquerque
rj 28/09/2011

3...- NÓIS... nomes, riqueza ou mesmo inteligência. Xom esta nascemos. Não é mérito algum. Somos, porém, responsáveis pelo q fizermos com a inteligência. Os que nascem privilegiados têm o dever de usá-la para o bem . Podem transformar aos poucos, a sociedade, podem ser mesmo a 'salvação' para muitos.
Infelizmente há pessoas de grande QI q nada fazem em prol dos demais. Então, de nada adianta tal QI se essas pessoas só o usam em seu benefício, esquecendo-se dos demais.

Um grande abraço,
MC


 
02
Reporte abuso
mirna_cavalcanti_de_albuquerque
rj 28/09/2011

2,,,NÓIS . caráter íntegro, a bondade, a coragem, a sensibilidade para com os problemas de nossos semelhantes, nossos pensamentos e ações...tudo isso, meu amigo, é superior ao nome que se carrega. Este devemos honrar, respeitar e faz c / que tenhamos o dever de 'levar adiante' os feitos de nossos antepassados.
Como em todas as famílias, sempre há ovelhas negras;são seres degenerados q., não importa o nome q tenham,nada fazem de louvável.

Nossas almas,amigo,são mais importantes do q títulos...


 
03
Reporte abuso
mirna_cavalcanti_de_albuquerque
r j 28/09/2011

NÓIS, caríssimo amigo!
Estou em falta c / tds,pois há que responder os comentários.(Está demorando,mas serão tds respondidos).
João Pessoa Cavalcanti de Albuquerque era tio-avô de meu pai.
Somos uma família grande e temos contribuído para a História do Brasil com figuras exponenciais, seja no Direito, nas artes, na política (verdadeira).
Francisco Cavalcanti Pontes de Miranda, Di Cavalcanti, Celso Cavalcanti (mais recentemente).

Conta, no entanto. o caráter...


 
04
Reporte abuso
nois é nois
sp 28/09/2011

A titulo de curiosidade---Mirna bom dia--saúde e paz e resto conquista-se com trabalho,bem desejo saber o seguinte: Qual sua ligação com João Pessoa Cavalcanti Albuquerque?? Andei lendo alguns históricos sobre esse grande comandante militar e,dai bateu a curiosidade--algo concreto,ou apenas mera-coincidência?-T-chau


 
05
Reporte abuso
Eder Lucio
Janaúba 21/09/2011

Mirna,A sua indignação é justa,e é compartilhada por muitos.Há 1000 anos A.C. o Rei Salomão escreveu; "Procure compreender a obra de Deus, porque ninguém endireita o que ele entortou, esteja alegre no dia féliz e no dia da desgraça procure refletir"Ecl-7,13. O egoísmo, origem de todos os males, faz parte da natureza humana, sempre será um troca-troca de políticos, mas a indiferença com o outro permanecerá. Está aproximando a plenitude do tempos, tudo virá a tona e veremos novos ceus e terra.


 
06
Reporte abuso
ZecaLINS
Guarujá 20/09/2011

Concordo que atingimos o limite da tolerância. Há que haver conscientização da sociedade civil.
Mas me preocupa o fato de que a classe política nada mais seja do que um extrato, um pedaço dessa mesma sociedade.
A sociedade está doente, tenho repetido. E a doença apenas se alastra como um câncer para o local em que ela está representada.
Ninguém vira desonesto somente porque foi eleito. A desonestidade é questão de caráter. Rouba-se por todos os lados: nas filas, nas ruas e no "jeitinho"


 
07
Reporte abuso
PAULO SPOCK
SAMPA 19/09/2011

qtoà a Bolsa Ditadura, o governo já desembolsou 5 bilhões a individuos que ñ prodzemem, ñ trabalham. É o mensalão mais indecente e corrupto da história mundial. Nem gangs africanas que tomam o poder ousam tamanha insanidade. E o PT já distribui a bolsa terrorismo a 30 mil vagabundos comunistas e delinquentes que sempre sonharam em viver às custas o bem público. Gostaria de ser presidente para tomar algumas medidas que esses políticos nojentos não tomam.


 
08
Reporte abuso
nois é nois
sp 18/09/2011

Sendo pertinente ou não..meus comentários vão de encontro á tudo aquilo que a mídia nos oferece no dia-a-dia político-é o que conseguimos agregar de valor dos nossos "representantes" que na verdade são poucos--todo aquele ao tentar puxar a corda em beneficio dos mais fracos são contestados veemente pelos seus pares,haja visto a pouca vergonha instalada no congresso,parece, pelos indicativos dos próprios deputados, que corrupção faz parte do curriculo dos senhores representantes do povo- ou não?


 
09
Reporte abuso
nois é nois
sp 18/09/2011

Aproveito a oportunidade e grifar fatos importantes--greve de professores,médicos,operários qualificados ,ou não,tornam-se ilegais perante essa "justiça"--vimos recentemente algum movimento mais precisamente no Rio de Janeiro--onde operários aderiram a greve por motivos"torpe" segundo a"justiça" / suas revindicações--segurança no trabalho,melhores salários,isso perante os "olhos atentos da justiça e ilegal"..legal mesmo é aumentar salários de indivíduos que comem e dormem em Brasília,repr-do povo


 
10
Reporte abuso
mirna_cavalcanti_de_albuquerque
RJ 17/09/2011

Amigos leitores,

A matéria ñ está completa. As sugestões alinhadas,outras podem e devem ser acrescidas. As que estão,vcs. têm o dever cívico de sugerir modificações.Se não defendermos nossos direitos, só 'serviremos p / pagar impostos' - q serão p / arcar c / despesas q ñ fazemos.As 'gastanças' abusivas c / políticos está demais.Enqto isso, ocorrem desumanidades c / nosso povo-principalmene c / aqueles dos setores do mesmo que não têm condições de defesa.
BASTA DE PROMESSAS JAMAIS CUMPRIDAS. AJAMOS!


 
11
Reporte abuso
Magalhães - Tovaga
Barcarena 17/09/2011

"A paciência é uma virtude, exceto quando se trata de separar os inconvenientes." (Margaret Thatcher)

Separar os corruptos, os corruptores, os maus magistrados, os lenientes, os coniventes, os articuladores que usam do erário e vendem cargos, os que fazem com que as favelas aumentem em tamanho e quantidade. os que deixaram os Aposentados indignados no teto e que fizeram o Brasil ichegar até eles assumirem as más rédias do populismo e etc.
Paz e Ética em desencanto...
Abraço @tovaga


Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br