Atualizado 23h34 Domingo, 25 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Economia

Canoa furada no cartão de crédito

856 acessos - 0 comentários

Publicado em 11/05/2010 pelo(a) Wiki Repórter RICARDOOHARA, SÃO GONÇALO - RJ



Dinheiro eletrônico - Foto: Web

Sem sombra de dúvida, o carro chefe da gestão do governo do presidente Lula é a expansão da oferta de crédito. Uma ferramenta político-econômica que está sendo utilizada para promover o aquecimento da economia. Com isso, os cidadãos brasileiros embarcaram em uma canoa furada. Contraíram dívidas com a tomada de empréstimos e financiamentos. Inclusive, estão sofrendo amargamente com as sequelas do efeito dominó, encalacrando-se em dívidas até o pescoço com a rolagem do saldo devedor e pagamento de juros sobre juros às administradoras dos cartões de créditos.

E é sobre a problemática envolvendo os cartões de créditos que eu vou deixar o meu recado. Esclarecendo que as informações obtidas para exemplificar as demonstrações, foram extraídas da fatura de um cartão de crédito bem conceituado e muito utilizado. Porém, não será possível generalizar, tendo em vista a aplicação de diferentes critérios e parâmetros pelas operadoras e as variações das taxas de juros relativas a cada período.


Exemplo:


Seu Pedro entrou em uma loja de roupas e realizou um compra no valor de R$ 500,00, pagando com o cartão de crédito.
Saldo atual: R$500,00.


Pagamento mínimo estipulado pela operadora do cartão: 24,05 (4,81%).


Ocorre que o Seu Pedro se enrolou com as suas contas e não teve o dinheiro para pagar o saldo total de R$ 500,00. Caindo na armadilha do pagamento mínimo.


Então, o seu saldo devedor para o mês seguinte ficará: R$475,95.


Lembrando que a administradora do cartão cobrará na próxima fatura os juros, imposto sobre a operação financeira (IOF), multas e encargos financeiros. Hoje, chegando a um percentual de 20,13%.


O saldo devedor da fatura do Seu Pedro engordou: R$ 95,80.


O total da fatura do Seu Pedro para o mês seguinte será: R$571,75

E assim começa a rolagem de uma dívida gerada com o financiamento de compras não planejadas com o cartão de crédito. Uma compra que ficou 20,13% mais cara. Isso se no mês seguinte ele conseguir liquidar todo o saldo devedor.


Dicas importantes: utilize o cartão de crédito moderadamente. Reflita bem sobre as suas necessidades antes de realizar as suas compras financiadas pela administradora do cartão de crédito. Evite o saldo devedor. Comprar a vista e barganhar um desconto poderá ser uma boa alternativa.

Fique Ligado!



Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
RICARDOOHARA
SÃO GONÇALO - RJ



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br