Atualizado 13h19 Sexta, 23 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Economia

Rede Dudony é a mais nova aquisição do Grupo Silvio Santos

1370 acessos - 0 comentários

Publicado em 18/06/2009 pelo(a) Wiki Repórter mktmais.blogspot.com, São Paulo - SP



Dudony agora é do Grupo Silvio Santos. - Foto: web
Dinheiro em caixa faz toda a diferença, ou credibilidade para ter crédito no mercado, também. Continuado com o seu foco no Varejo, o Grupo Silvio Santos disputou com Carlos Roberto Massa, o Ratinho, a compra da rede varejista Dudony, de Maringá, no Paraná, em recuperação judicial desde dezembro de 2008. Pagou R$ 25,6 milhões por 110 lojas, sendo 11 no interior de São Paulo. O pagamento dos R$ 25,6 milhões aos credores será escalonado até 2014.

A Dudony é a maior rede varejista de móveis e eletrodomésticos no Estado paranaense, mas suas dívidas chegam a R$ 104 milhões. Mais expansão à vista? O grupo Silvio Santos planeja dar continuidade às prospecções em andamento em outras regiões do País, para fortalecer a atuação do Baú Crediário, rede com 20 lojas, sendo 19 em São Paulo e uma em Minas Gerais. Com a compra da Dudony, chega a 130 lojas no total. A meta do grupo é ter 224 lojas em 170 cidades até 2013, por isso novas compras de empresas não são descartadas.

Desafio: reabastecer as 110 lojas, que estão apenas com parte do mostruário, os pontos de venda ficaram quase vazios. Segundo o diretor de varejo do grupo Silvio Santos, Décio Pedro Thomé, a administração da rede continuará no Paraná, separada das outras lojas do Baú. O nome Baú deve ser adotado aos poucos nas lojas. Thomé estima que a organização da operação deve demorar 60 dias.

Se a meta é 2014 (5 anos, número cabalístico de planejamento estratégico), até a Copa do Mundo no Brasil muita coisa vai rolar. O dono do Baú está se fortalecendo no varejo e vai buscar comprar tudo que puder em um curto espaço de tempo (estratégia de recursos, quem tem, compra), essa é a minha opinião. O mercado vai se aquecer, com certeza. O que pode ajudar a estabelecer a marca do Baú no mercado, principalmente onde não se encontra fisicamente é investir em e-commerce.

Com tantos recursos de mídia em mãos, não ter uma loja on-line é um erro estratégico gigantesco. Espero que estejam considerando esse canal e que será apenas uma questão de tempo.

Fonte: Mktmais.blogspot.com

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
mktmais.blogspot.com
São Paulo - SP



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br