Atualizado 13h19 Sexta, 23 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Economia

Promoções infantis, o fim? MP pede suspensão de brinquedos em fast foods

1108 acessos - 1 comentários

Publicado em 16/06/2009 pelo(a) Wiki Repórter mktmais.blogspot.com, São Paulo - SP



McLanche Feliz, será o fim? - Foto: web
O procurador Marcio Schusterschitz, do Ministério Público Federal em São Paulo, resolveu ser a variável legislativa que irá afetar os restaurantes do tipo fast-foods. Acusando a venda de brinquedos com lanches em redes de fast-food de levar crianças a criar maus hábitos alimentares, o procurador entrou com uma ação (15/06/09) pedindo a suspensão de tais promoções (lanchinhos com brinquedos) em todo o País, nas redes que incluem o McDonald’s, Burger King e Bob’s.

O que motivou o procurador do MP foi a preocupação global sobre a ligação entre fast-food e doenças como a diabete e a obesidade endêmica que atinge os EUA. Para ele, "é preciso remover os brinquedos que são usados para alavancar a venda de comida que tem pouco valor nutricional, já promovidas com o objetivo claro de aumentar o consumo juvenil de fast-food".

São ações como essas que precisam deixar as empresas antenadas ao que está ocorrendo. Lembro-me da tendência de criação de black list para o telemarketing há quatro anos atrás, hoje é realidade.

Quem não se atenta para os fatores externos que afetam e podem afetar o negócio, certamente auferem prejuízos rapidamente. Esses brinquedos das redes com certeza são importados, que demandam um enorme planejamento de compras e logística. Sem contar com toda a estratégia que é delimitada para a equipe de marketing, que já tem no cronograma, tudo que ocorrerá ao longo do ano. As empresas terão que se reprogramar para ficar com um plano B, caso algum juiz defira o pedido do procurador.

Para os clientes, e principalmente os pais, estes deverão começar a procurar outro lugar de diversão das crianças e gastar um pouco mais para poder comprar brinquedos e mimos para seus filhos. Novas oportunidades, novos negócios. Se bem que tem alguns brinquedos que estimulam os adultos e adolescentes a comprarem os lanches e não as crianças. É isso aí!

Fonte: mktmais.blogspot.com

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
mktmais.blogspot.com
São Paulo - SP



Comentários
01
Reporte abuso
Simone Silva
Sao Gonçalo - RJ 20/06/2009

Tenho uma criança de 7 anos e não levo ele todos os dias para comer lanches. Quem lê esse absurdo, acha que nos levamos nossos filhos todos os dias ao fast-foods. Essa não é a realidade do brasileiro comum. Que viagem desse cara! Mais um estraga prazer dos pobres! Ninguém merece!


Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br