Atualizado 13h19 Sexta, 23 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Economia

Exército vai comprar novos radares

1713 acessos - 0 comentários

Publicado em 28/05/2009 pelo(a) Wiki Repórter Jony Santellano, São José dos Campos - SP





Concepção artística do Radar ‘SABER M-60’, desenvolvido pela ORBISAT conjuntamente com o CTEx. - Foto: ORBISAT/Divulgação.
A ORBISAT anunciou nesse mês a venda de cinco radares de vigilância aérea e terrestre a baixa altura para o Exército Brasileiro e um para o Sistema de Proteção da Amazônia (SIPAM), mas não revelou o valor estimado dos dois contratos. O preço médio de mercado de um equipamento similar ao vendido pela ORBISAT varia em torno de US$ 2 milhões a US$ 3 milhões.

O radar objeto das negociações é o "SABER M-60" (Sistema de Acompanhamento de Alvos Aéreos Baseado em Emissão de Radiofreqüência), que foi desenvolvido pela ORBISAT em conjunto com o Centro Tecnológico do Exército (CTEx), e testado pelo Exército. Ele deve atender aos fins específicos do projeto "Amazônia Protegida", cujo objetivo principal é o reaparelhamento dos pelotões de fronteira com equipamentos que permitam efetuar o monitoramento do território brasileiro de uma maneira mais ampla e precisa.

O "SABER M-60" possui alcance de 60 km, fornece informações tridimensionais (azimute, distância e elevação) dos alvos aéreos, além de informações derivadas como velocidade e direção de vôo. Possui capacidade de acompanhar até 40 alvos simultâneos, classificá-los como helicópteros (inclusive o seu tipo) ou aviões, e identificar se é um alvo amigo ou não. O Brasil é considerado um dos cinco países do mundo que dominam o desenvolvimento desse tipo de radar.

Pesando em torno de 250 kg, o "SABER M-60" em função da sua modularidade pode ser transportado por uma viatura leve ou por um helicóptero, como carga interna ou externa. A montagem do radar exige a presença de uma equipe reduzida de três homens, que em um tempo médio de 15 min. Podem prepará-lo para entrar em estado operacional.

De acordo com informações divulgadas pela ORBISAT, a Aeronáutica também tem planos para comprar duas unidades do "SABER M-60". O equipamento já foi inclusive testado na Base Aérea de Santa Maria (BASM), localizada no Rio Grande do Sul. Segundo as projeções de venda da empresa o mercado brasileiro possui potencial para adquirir de 40 a 60 radares do tipo "SABER M-60". O faturamento previsto pela ORBISAT para esse ano gira em torno de R$ 60 milhões, o que representa um acréscimo de 25% em relação ao ano de 2008.

A ORBISTA da Amazônia S. A., fundada em 1984, é uma empresa de base tecnológica com capital 100% brasileiro, especializada em sensoriamento remoto, radares de vigilância aérea e terrestre e produtos eletrônicos. A sua missão principal é fornecer soluções de mapeamento para o setor privado e órgãos governamentais de todo mundo. A empresa possui unidades em Manaus (AM) (complexo industrial), São José dos Campos (SP) (sede administrativa e divisão de sensoriamento remoto) e Campinas (SP) (desenvolvimento de tecnologia de radares).


MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A ORBISAT:

http://www.orbisat.com.br/


FONTES DE PESQUISA:

- ’Jornal Valor’, 01/maio/2009. ("Orbisat vende seis radares de vigilância para o Exército e Sipam", reportagem de Virgínia Silveira, p. B9).

- ’Forças Armadas em Revista’, Nº 9, 2008. ("Orbisat se destaca no mercado de tecnologia de ponta com sistema de defesa antiaérea", p. 60).

- ’Revista Tecnologia & Defesa’, Nº 111, 2007. ("Empresa brasileira tem radar com tecnologia única para apoiar na vigilância de fronteira e no combate ao narcotráfico", p. 29).



Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
Jony Santellano
São José dos Campos - SP



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br