Atualizado 10h55 Quinta, 23 de março de 2017   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

PENDENTES - MATÉRIAS QUE OS EDITORES AINDA NÃO LERAM

O mau caráter do político nacional

101 acessos - 0 comentários

Publicado em 01/02/2017 pelo(a) Wiki Repórter Julio César Cardoso, Balneário Camboriú - SC



 Deputado Carlos Marun (PMDB-MS) usou dinheiro público para visitar Eduardo Cunha na cadeia. “O parlamentar foi a Curitiba em dezembro do ano passado. As passagens aéreas e a diária do hotel em que ele se hospedou foram pagas pela Câmara. Uma reportagem exclusiva do jornal 'O Globo' mostrou que a nota fiscal do hotel só foi emitida posteriormente por uma agência de viagens de Campo Grande (MS). Fonte: CBN.”

Trata-se como se observa de deputado de índole ordinária! Não tem escrúpulo com a coisa pública. Não respeita os contribuintes. Não zela pela honradez que um parlamentar deve cultivar diante dos eleitores nacionais. Certamente, está na política pelo cabide de emprego ou para tirar vantagem da res pública visando aos seus inconfessáveis interesses.

Deveria ser submetido ao Conselho de Ética para ter o mandato cassado por falta de conduta ética e moralidade pública. Por isso, falta dinheiro para o social, porque político mequetrefe e safo usa o Erário para pagar despesas pessoais e acima de tudo para visitar, à custa dos contribuintes, o corrupto Eduardo Cunha. Aliás, esse parlamentar foi um dos defensores radicais da impunidade de Eduardo Cunha.

Se a imprensa livre e fiscalizadora não denunciasse o descaminho do parlamentar, ninguém ficaria sabendo da solércia praticada pelo indigno deputado Marun - o qual representa o excremento da política nacional -, bem como ele não devolveria o dinheiro surrupiado para o seu passeio a Curitiba.

A propósito, não é demais dizer que na política brasileira - respeitadas as poucas exceções -, quem não rouba mais rouba menos do Erário, pois usar dinheiro da Câmara para satisfazer interesses pessoais é crime de improbidade administrativa e contribui para a corrupção e demais infrações contra a República.

E assim, os maus exemplos políticos continuam sendo eleitos e reeleitos por incautos eleitores irresponsáveis, que votam em qualquer mequetrefe, impulsionados pelo famigerado voto obrigatório.


Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
Julio César Cardoso
Balneário Camboriú - SC



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2017. Brasil Mídia Digital

jb.com.br